Arquivo da categoria: Escola

Pérolas de alunos (1)

O 4º bimestre chegou ao fim, graças ao bom Deus! E todos os professores sabem que esse período é muito ingrato, pois o volume de trabalho só aumenta e o tempo para dar conta de toda burocracia escolar só diminui. Imagina dar conta de correção de provas e encerramento de notas de 10 turmas! Um trabalho que parece não ter fim que nos suga até a última gota de energia. E o pior disso tudo é que ainda não acabou! Depois do conselho de classe de hoje, já me preparo psicologicamente para arrastar correntes por mais duas semanas.

Mas não foi pra falar de Conselho de Classe chato que chamei sua atenção para esse post. Foi, na realidade, para compartilhar algumas pérolas que divertiram a mim e aos meus amigos durante este domingo enquanto eu corrigia algumas provas que estavam pendentes. Sabe aquelas mensagens que recebemos pelo face e as quais a gente não acredita que sejam verdadeiras?! Prepare-se para o inacreditável! Vamos lá…

1 – Pergunta ingênua, respostas enigmáticas: Por que os ingleses estavam interessados no fim do tráfico de escravos?

Resposta: ” pq queria que as obras terminassem para ficar com bastante terras livres para ter que gastar dinheiro contratando homens”. Tipo, que obras? Devem ser as da Petrobrás… Bora gastar bastante dinheiro contratando gente. Pra q escravos se a gente pode ter assalariado?

Resposta: ” pq eles queriam tomar posse das terras escravas”. Pq, meu Deus?!

Resposta: ” pq eles queriam sair do Brasil e levar os escravos para os EUA.” – De repente fazer um tour estivesse na moda.

Resposta: ” Inglaterra queria libertar o africano imigrante”. Mais um caso super atual de imigração clandestina e exploração do trabalho. Deve ser em alguma marca de roupa famosa.

Resposta: Resposta: ” pq queria que as obras terminassem para ficar com bastante terras livres para ter que gastar dinheiro contratando homens”. Tipo, que obras? Devem ser as da Petrobrás… Bora gastar bastante dinheiro contratando gente. Pra q escravos se a gente pode ter assalariado?

2 – Por que o café foi escolhido para ser introduzido no Brasil? (pergunta idiota)

Resposta: “pq o Brasil tinha boas montanhas.” Como assim?! Partiu plantar café no pão de açúcar!

3 – Cite 3 leis abolicionistas.

Resposta: ” lei da maioridade, lei socialista e etc…”. Já pensou?! Seríamos os precursores do socialismo na América Latina! Se cuidem, coxinhas!

Resposta:  “lei áurea acaba com o fim da escravidão”. Então, partiu escravizar geral outra vez?! Algumas lojas já estão fazendo isso, por sinal! Se cuidem, viu?!

4- Quem sofreu foi o senhor Eusébio de Queiroz, que deu nome à lei que proibiu o tráfico de escravos para o Brasil. Ficou tão famosa que:

a) virou marca de xampu:  “lei Elseve de Queiroz”.

b) liberou o assédio geral por aí!: “Lei Asedio de Queiroz”

5 – Não fiz essa pergunta, mas para alguns alunos o navio que transportava escravos chamava-se…

a)  “navio negrito”,

b) “navio negresco” – Partiu traficar biscoitos!

6- Nem sei como nomear isso: “com o fim da escravisão…”, ” pq a escravisão…” . O que é isso? Uma perspectiva cativa?

7 – Sobre a Lei Bill Alberdeen,

Resposta: ” de acordo com a lei Bill Alberdeen nem um navio podia navegar em qualquer mar”. Tipo, greve geral! Ou, como disse um amigo, navio fantasma! Vai saber.

A partir de hoje eu vou juntar todas essas pérolas! De repente, antes da aposentadoria, eu publico um livro e aumento a renda (rsrs)!

download

Só pra retornar ao pique…

Faz tempo que eu não atualizo. Não tenho tido vontade, inspiração. Não posso reclamar do tempo, que existe, mas tem sido muito mal administrado. São muitas coisas na cabeça. Vou caminhando. Vim apresentar meu mais novo filho: o blog do Cine Presidente, clubinho de cinema da Escola onde trabalho. Acho que ficou bom. Com a hora avançada, me despeço. Passo em breve pra contar mais notícias.

Agora eu também tenho o meu!

Agora eu também tenho o meu! \o/
Fnalmente, recebi meu netbook, personalizado, como parte do programa de incentivo à informatização das escolas e do corpo docente da Prefeitura do Rio de Janeiro. Papai Noel foi persuasivo com o prefeito!

Até que estão ocorrendo avanços na gestão de Cláudia Costin como secretária de Educação, pelo menos em termos materiais. Vejo com bons olhos os esforços desta nova gestão. Contudo, boas intenções não bastam. A situação da educação no Rio de Janeiro é crítica e se agravou por anos de descuidos.

São interessantes os projetos apresentados pela secretaria de educação, mas ainda não conquistou totalmente quem está na linha de frente, nas salas de aula. Talvez porque haja muitos ruídos na comunicação entre o que fica decidido na Prefeitura, o que é transmitido para as Coordenadorias Regionais de Educação e o que, efetivamente, chega às Unidades de Ensino. Talvez porque a cada gestão se introduz um modelo novo. É impossível a continuidade de um trabalho com a constante introdução de novos projetos, novas metodologias de avaliação e de ensino.

As Escolas do Amanhã é só um pequeno exemplo. Estas escolas, em área de conflito, é uma boa iniciativa. Sem dúvida! Os alunos recebem um tratamento diferenciado por parte da Prefeitura, com o objetivo de evitar o grande indice de abandono escolar e de tratar a elevada defasagem. As crianças, além de uniforme e material escolar personalizado, terão a oportunidade, em 2011, de ter em sala netbooks e aulas em ambiente virtual.

Os professores, por sua vez, não recebem adicional pra trabalhar nessas regiões, que constantemente encontram-se tomadas pelo confronto violento entre o poder policial de Estado e o narcotráfico. O aumento, de uma maneira geral, é vergonhoso. Não condiz com a responsabilidade que temos de formar cidadãos. Somos professores – profissionais qualificados para o exercício do magistério. Somos comprometidos com a nossa sociedade, educadores convictos com a nossa missão e apaixonados pelo que fazemos, mas não irmãos de caridade.