28 milímetros – Mulheres/JR


CASA FRANÇA-BRASIL
Período: 24 de abril a 21 de junho de 2009
De terça a domingo, das 10h às 20h
Entrada Franca

Exposição marca a reabertura do centro cultural e o início das comemorações do Ano da França no Brasil. Após seis meses de obras estruturais e de restauração, a Casa França-Brasil reabre suas portas com a exposição 28 milímetros – Mulheres/JR, do jovem e mundialmente famoso artista francês JR. A mostra é parte da série Women, iniciada na África em 2008.

A exposição
Em agosto de 2008, durante quinze dias, o artista filmou e fotografou mulheres do Morro da Providência. Em seguida, colou suas imagens nas fachadas das casas do morro, brincando com vãos, portas e janelas. O resultado foi uma imensa instalação a céu aberto, formada por dezenas de fotos gigantes misturadas à paisagem da favela. Essa experiência deu origem à etapa brasileira do projeto 28 milímetros – Mulheres/JR, que conta a história dessas “personagens reais” por meio de relatos e imagens. Suas fotografias ampliadas ocupam as dependências da Casa e também a fachada de outros prédios e espaços públicos do Centro, transformando o espaço urbano na extensão de uma galeria de arte.28 milímetros

Com recursos da Secretaria de Estado de Cultura, da Oi, da CulturesFrance e do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro, a exposição, produzida pela Soluções Urbanas, traz ainda o relato das próprias moradoras do Morro da Providência falando de suas vidas, das suas experiências pessoais, alegrias, tristezas e sonhos. Um painel gigante com a foto dessa instalação foi construído no salão principal da Casa. Nas aberturas do painel, foram colocados televisores e o visitante poderá ver e “escutar” cada uma dessas mulheres.

Morro da ProvidênciaA montagem utiliza a tecnologia como elemento redutor das distâncias entre o morro e o asfalto. Uma casa da favela, feita de madeira e prestes a ser demolida, foi desmontada e reconstruída no interior do centro cultural. Na parte interna, além de fotografias, foi instalada uma câmera que transmite a imagem dos visitantes em tempo real para um telão instalado no Morro da Providência.

Em uma das salas laterais da Casa, um artista nascido e criado naquela comunidade expõe suas obras: Maurício Hora, fotógrafo autodidata que emprega a arte para mostrar “o olhar da favela sobre a cidade”. Maurício já expôs seu trabalho no Centro Cultural José Bonifácio, da Prefeitura do Rio de Janeiro, e no FotoRio. Durante o Ano do Brasil na França, Maurício atuou como diretor de fotografia do projeto Favelité e levou o cenário da favela para o metrô de Paris.

Quer saber mais? Visite a exposição, começando pelo site da Casa França-Brasil!!!

Fotos: Adson Kledyr

Anúncios

3 opiniões sobre “28 milímetros – Mulheres/JR”

  1. A exposição parece legal, curíoso é que quase não fui a Casa França Brasil, acho que só uma vez pelo que lembro .. rsrs

    Talvez por sempre estar no CCBB acabei ignorando a casa ao lado, mas agora de roupa nova vale uma ida ..

    1. Aproveita!!! é de graça! E o lugar é bem bacana! Lá tb tinha uma sala de cinema, onde rodava uns filmes bem legais a preço de banana. Não sei se a sala reabriu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s